Squad Lead – Fintech São Paulo / SP

– Estar envolvido ativamente no ciclo de desenvolvimento ágil;

– Acompanhar e desenvolver os integrantes do time (feedbacks individuais e 360, 1:1, PDIs)

– Ser responsável pelas entregas e capacity dos times, seguindo e propagando os princípios do Luizalabs;

– Ter um mindset ágil, garantindo a realização das cerimônias (Planning, Daily, Retrospectivas e Code Reviews);

– Ser orientado a dados, ajudando o time a perceber a necessidade de melhoria e os impactos das mudanças;

– Dar apoio técnico (não necessariamente conhecimento aprofundado de código) conhecendo a fundo o produto que o time cuida, buscando auxílio dos Tech Leads em casos necessários;

– Ter fácil relacionamento com equipe de produto (Product Owners);

– Ter habilidade em negociação de prazos;

– Ter postura colaborativa, buscando atender os clientes internos e externos e garantir a satisfação da melhor forma possível;

– Ter habilidade em lidar com cenários adversos, adaptar-se a mudanças, superar obstáculos ou resistir à pressão ocasional;

Ser guardião da qualidade do produto, das boas práticas de segurança, disponibilidade, performance, escalabilidade e custo;

– Inspirar o time na criação de automatização sempre que possível;

– Orientar no desenvolvimento do que trouxer vantagem competitiva;

– Buscar sempre a criação do simples, porém sustentável;

– Prover uma solução fácil de usar, segura, confiável e escalável;

– Manter a cultura e o ambiente saudável entre os membros do time.

Requisitos

Para atuar nessa função, é essencial que você tenha conhecimento em:

– Atuar com liderança e gestão de pessoas (equipe técnica);

– Facilidade de interpretar requisitos de negócio, desenhar soluções, traduzi-las em documentos técnicos e de arquitetura;

– Coordenação de projetos no modelo ágil;

– Domínio de metodologias ágeis (Scrum, Kanban);

– Conseguir trabalhar em ambientes com mudanças constantes;

– Negociar prazos e garantir o cumprimento deles;

– Conhecimento e vivência técnica, para conseguir interagir com o time técnico. Os termos a seguir devem ser familiares para você, e caso já tenha trabalhado com eles na prática, melhor ainda: API, Endpoint, JSON, Front-end, Back-end, Versionamento de código (Git), GMUD, Fluxos de deploy, MR.

Importante ter conhecimento também em:

– Java, Python, Node JS, Java Script (ES6);

– Conhecimento em projetos de software Back-end e Front-end;

– Conhecimento em ambientes em nuvem (Google Cloud ou AWS);

– Conhecimento de Bancos de dados relacionais (MySQL, PostgreSQL) e NoSQL (Redis).

Veja mais vagas abertas: